lambarisÉ verdade que muitos pescadores atualmente estão preferindo fisgar seus peixes utilizando iscas artificiais das mais variadas.

Sabemos que para determinados peixes, o efeito produzido por esse tipo de isca facilita a pescaria.

Prova disso são as diversas pescarias que temos visto de robalos e tucunarés, onde a isca imitando um peixe os atrai, ou por seus movmentos na água, ou pelo barulho que produzem ao serem trabalhadas, simulando presas feridas ou de certa forma mais fáceis para a espécie que se está almejando.

Apesar desta situação, existem pescadores que não abrem mão de uma boa e velha isca natural para fisgar seus troféus.

Justamente por isso, hoje vamos fazer um apanhado geral deste tipo de isca e mostrar qual tipo tem mais eficácia com determinadas espécies de água doce.

Tambaqui/Tambacu/Pacú: Para estas espécies geralmente utiliza-se iscas como salsicha, pão, minhoca. minhocoçu, pequenas tilápias, goiabada, queijo, mortadela, pequenos frutinhos, etc.

Tilápias: Aqui o mais comum são o guabi (ração para peixe), minhoca, milho, massas, bichos de laranja, queijo, etc.

Traíras: o que pode funcionar aqui é o fígado de boi, fígado de galinha, pequenas tilápias, lambaris, etc.

Carpas: Para todas as espécies de carpas o que mais funciona são as massas. O que vale aqui é variar os sabores. Pode-se utilizar massas com maracujá, erva-doce, leite condensado, amendoim, côco, etc. é bom ter em mente que elas gostam de aromas doces.

Cacharas/Pintados: O mais usual nesta espécie é sem dúvida a salsicha  mas, pode-se tentar ainda tilápia, minhoca, minhocoçu e tuviras.

Pirararas: Como a roncadora costuma comer de tudo, existe uma enorme quantidade de opções, mas o que se vê frequentemente são a salsicha, cabeças e guelras de tilápia, manjubas, lambaris, coração de boi, coração e fígado de galinha, queijo, sardinhas, tuviras, etc.

Piaparas/Piaus: Para piaparas ou piaus pode-se utilizar pequenos frutos, milho, coquinho, etc.

Estas são as principais espécies que os pescadores esportivos costumam fisgar pelos quatro cantos do nosso país. Para saber mais sobre qualquer outra espécie, peça através de nosso email [email protected]

Semana que vem colocaremos uma matéria sobre as iscas naturais utilizadas em água salgada para os pescadores que adoram pescar espécies como bagres,marlins, xaréus, e muitos outros.

Aguardem!

Curtiu essa dica? Usa alguma outra isca em suas pescarias? Aproveite e comente logo abaixo.

Total 240 Votes
9

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

27 thoughts on “Dica – Iscas naturais para peixes de água doce.

  1. orivaldo antonio da costa says:

    em nossa região apareceu um peixe diferente, parece um lambari, só que mais fino e bem maior, uns 35a 40 centímetros , é muito arisco tbm, uma delicia de se fisgar, moro na região de jales sp, onde se encontra os tres rios, o rio grande, paranayba e parana mais uma particularidade do peixe, só no finalzinho da tarde e boca da noite que pode ser encontrado e anda em cardumes fazendo muito movimento na agua..

  2. Lavfelippe says:

    Ficou faltando o preferido de todos – O Robalo. Como dica para aqueles dias que eles estão manhosos usem as baratinhas da pedra (melhor que o camarão vivo) ou caranguejos pequenos aqueles que ficam nas beiras dos rios de manguezal.
    Abraços

Deixe uma resposta