thumb-98848-aquecimento-global-resizedO aumento da temperatura da água do mar está prejudicando o desenvolvimento dos peixes na zona equatorial, ameaçando a sua sobrevivência e a das comunidades que vivem da pesca, alerta estudo divulgado nesta terça-feira (31) na Austrália.

A investigação, feita por cientistas da Universidade James Cook, analisou o impacto do aumento da temperatura da água em larvas de peixes recolhidas em área de 2.000 quilômetros entre o sul da Grande Barreira de Coral e o Norte da Papua Nova Guiné, próxima da linha equatorial.

O aquecimento global pode fazer com que os peixes tenham que migrar em busca de águas mais frias. É o que concluiu um estudo sobre o futuro dos oceanos que levou em conta dois cenários: um em que o aquecimento se limite a dois graus antes de 2010, e o outro em que o ritmo atual continue, o que faria com que as temperaturas subissem até cinco graus.

O estudo alerta para a necessidade de limitar as emissões de gases prejudiciais e ajudara diminuir o impacto do aumento das temperaturas atmosféricas e a redução do PH nos oceanos que podem aumentar a acidez da água.

A maioria dos peixes marinhos atravessa uma etapa de desenvolvimento da larva em mar aberto que os torna mais vulneráveis aos predadores. Se passam muito tempo nessa situação, têm menos possibilidades de sobreviver.

“O crescimento rápido durante a etapa de larva dá vantagens de sobrevivência porque podem desenvolver-se mais cedo e sair com mais rapidez dos perigosos ambientes marítimos”, explicou o cientista australiano.

Da redação com informações do site Ecycle

 

Total 7 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

Deixe uma resposta

CLOSE
CLOSE