Tarpon

tarpon
Nome popular: 

Tarpon

Nome científico:

Megalops atlanticus

Família: 

Megalopidae

Distribuição geográfica:

Mangues, rios costeiros, estuários e canais. Regiões indicadas: da Bahia ao Amazonas.

Ecologia:

Podem ser encontrados em águas quentes do Oceano Atlântico e, como espécie costeira que é, pode ser encontrada em alto mar, principalmente na época de reprodução onde aproveitam para migrar em grandes cardumes.

Os tarpons possuem respiração aérea e sua bexiga auxilia na respiração, o que permite que esta espécie possa transitar em águas salobras e doces sem oxigênio. Costumam procurar estuários para se esconder dos predadores.

Alimentam-se de sardinhas, anchovas e tainhas.

Iscas:

Iscas naturais, como sardinhas, paratis e camarões além de uma grande variedade de iscas artificiais, como plugs de meia água, jigs, shads e colheres.

 

Dicas:

Logo apos ser fisgado, salta varias vezes fora da água requerendo muita atenção do pescador para não deixar a linha bambear.


Detalhes:

O Tarpon, também conhecido como camurupim ou pema, possui grandes escamas, tem corpo alongado com boca grande e inclinada, dentes pequenos e bem finos e a parte inferior da mandíbula se sobressai para fora, ficando para cima.

A coloração é prateada, sendo o dorso cinza azulado, variando de claro a quase preto; os flancos e o ventre são claros. Nas águas escuras, pode ficar dourado ou marrom. Alcança mais de 2 metros de comprimento total e 150 kg.

//

7 pensamentos sobre “Tarpon

Deixe um comentário para Altamirando Macedo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda
Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.