Projeto Robalo aprova projeto no edital Costa Atlântica

 

 

Captura de tela 2014-12-18 11.55.51O Projeto Robalo, iniciativa financiada pela Pró-reitoria de Pesquisa da Unesp através do Programa Primeiros Projetos de 2014 teve sua proposta aprovada pela SOS Mata Atlântica.

O objetivo geral da proposta é pôr em prática um programa de capacitação de guias de pesca e outros atores envolvidos com o segmento da pesca amadora no Complexo Lagunar-Estuarino de Iguape e Cananéia, no sudeste do Brasil. O referido programa tem como principal intenção realizar vivências complementares a educação formal e à prática profissional, fortalecendo um processo inclusivo diferenciado voltado ao uso sustentável dos recursos pesqueiros, acompanhando as transformações sociais e ambientais observadas no Lagamar Paulista e no seu entorno atualmente.
O forte dessa proposta é que os trabalhos serão desenvolvidos de forma participativa, contando com o envolvimento de guias de pesca, proprietários e funcionários de pousadas, lojas de equipamentos de pesca e marinas, grupos e/ou associações de pescadores amadores, pescadores/vendedores de iscas-vivas, fiscais e estudantes e professores do Curso de Graduação em Engenharia de Pesca da Unesp de Registro.
As atividades serão coordenadas por profissionais ligados à ictiologia, à gestão dos recursos pesqueiros e ao segmento da pesca amadora, procurando-se promover o debate de assuntos relativos ao turismo de pesca em áreas protegidas e com foco em espécies migradoras e/ou ameaçadas, ao manejo das pescarias esportivas e a necessidade do envolvimento das comunidades tradicionais na gestão dos recursos pesqueiros, à geração de renda tendo como base turismo de pesca de base comunitária, à prática adequada do pesque-e-solte e a importância da pesca responsável, entre outros.

O biólogo do Programa Costa Atlântica, Diego Igawa Martinez, ressalta que o processo seletivo foi altamente competitivo. “Não foi fácil para o Comitê Avaliador selecionar apenas sete em meio a tantas boas propostas que recebemos. Foram mais de 40 projetos submetidos, um recorde na história dos editais do Fundo Costa Atlântica. Outro destaque dessa edição foi a predominância de iniciativas que se enquadram na linha 2 do edital, voltada ao uso sustentável dos recursos naturais e geração de renda. Acreditamos que isso traduz uma vontade da sociedade em ter uma economia baseada em valores de justiça social e conservação ambiental”.

 

Fonte: Unesp

Um pensamento sobre “Projeto Robalo aprova projeto no edital Costa Atlântica

  1. DAMOTTA diz:

    http//youtu.be/ZtDnGnYrzPg A Baia de Guanabara, no Rio de Janeiro continua viva apesar da ação do homem. Neste dia em especial peguei aproximadamente, no mesmo ponto, 15 robalos no camarão artificial. Todos foram soltos.
    Temos que agradecer a atuação do Ibama (APA GUAPIMIRIM), pois com uma fiscalização rígida tem punido com rigor aqueles que não são pescadores esportivos, mas sim predadores da natureza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda
Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.