Tilápia: onde e como fisgá-la?

 

 

 
psj-tilapia-nilotica-2Nós somos fãs da espécie e por aqui, ela ganhou até apelido: Zuleica!

A Tilápia é um peixe de água doce de tamanho razoável, que prefere as águas quentes das regiões tropicais e subtropicais de todo o planeta. É o terceiro peixe mais importante na aquicultura por conta de seu grande tamanho, fertilidade, crescimento rápido e sabor suculento. Essa espécie também faz uma boa disputa para o pescador de água doce.

A seguir, você vai ler tudo o que precisa para aprender como pescar Tilápia de uma maneira bem simples.

Local

O primeiro passo é decidir onde você vai começar sua pescaria. A Tilápia prefere águas quentes e calmas, onde a correnteza é bem suave. É muito provável que você encontre esse peixe em praticamente qualquer região de águas quentes ao redor do país.

Uma vez que você decidiu onde irá pescar, vá a pé ou de barco e chegue um pouco antes do entardecer, é a hora em que a água próxima à superfície se encontra mais quente. Procure por uma área próxima à costa com plantas aquáticas em abundância. As Tilápias comem muitos tipos de plantas aquáticas durante o dia todo, mas se empanturram de insetos nessas áreas abundantes em plantas enquanto o sol se põe.

Isca

Na ‘pesca com mosca’ (Fly fishing) use uma simples ‘mosca seca’ (Dry fly), arremesse-a na superfície da água e mantenha a linha bem esticada. Deixe a mosca se mexer sobre a água livremente, as Tilápias não irão tocar ou testar as moscas a essa hora do dia, irão abocanhá-las inteiras.

Se estiver usando uma vara simples e uma carretilha, uma minhoca enrolada em um anzol número dois e uma bóia presa 60 centímetros acima na linha é tudo o que você precisa. Se estiver pescando em água rasa você pode usar um anzol menor e somente uma parte da minhoca nele.

Confronto

Quando o peixe fisgar a isca, rapidamente puxe a vara para cima e para trás para prender o anzol na boca do peixe.

Mantenha a vara a 45° graus e deixe o peixe nadar por um tempo. A Tilápia é um peixe muito energético e sairá disparado assim que fisgado, como não são conhecidos por saltar você não precisa se preocupar em o peixe cuspir o anzol.

Uma vez que o peixe se afastou por volta de 40 e 90 metros comece a recolher a linha e o peixe. Tente não puxar ou abaixar a vara bruscamente, pois pode fazer com que o anzol se solte. Apenas mantenha a vara firme a 45° graus e recolha a linha num bom ritmo e sem pausas. Depois da corrida inicial ele não irá brigar muito até estar a sua vista. Tenha sua rede sempre à mão, pois ele irá se sacudir furiosamente quando for tirá-lo da água.

Leia também:

Dica – Massa para tilápia

Conheça detalhes sobre a Tilápia

Pescando Entre Amigos Ep. 43 – Tilápias e Carpas no Pesqueiro Arujá (2° Parte)

Pescando Entre Amigos Ep. 40 – Tilápias no Fly e Vara de Mão no Parque Maeda

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Precisa de ajuda
Este site utiliza cookies para lhe oferecer uma melhor experiência de navegação. Ao navegar neste site, você concorda com o uso de cookies.