linha2Na matéria anterior do ABC da Pesca, falamos sobre as principais diferenças entre molinetes e carretilhas e agora falaremos um pouco sobre linhas de pesca.

De forma geral, as linhas de pesca têm evoluído conforme o passar do tempo independente do material que são constituídas.

A tecnologia se tornou aliada na fabricação e transforma as linhas cada vez mais resistentes e funcionais.

É fundamental que se utilize a linha certa de acordo com o material que se tem, para que ela não se rompa ou dificulte a fisgada daquele belo exemplar.

Por isso, vamos ver agora quais os tipos de linhas que existem no mercado e suas indicações.

Monofilamento: Como o próprio nome diz, este tipo de linha é constituída por um único fio de nylon 100% poliamida. São as mais antigas linhas de pesca no mercado, mas, nem por isso, deixam a desejar, já que com o passar do tempo, muitas evoluções foram feitas e hoje pode se encontrar este tipo de linha em diversas espessuras e especificações, possibilitando ao pescador vastas escolhas. Seu custo costuma ser mais barato em relação as demais linhas. Possui diversas opções de diâmetro.

De forma geral não é tão fina se comparada às chamadas multifilamento o que na teoria impossibilita que se coloque tanta linha no carretel. Historicamente possuem mais elasticidade e tem mais abrasividade, o que gera a chamada memória na linha (quando ela sofre deformações por ficar em espiral no carretel) o que acaba causando maior desgaste e resistência. Este tipo de linha possui elasticidade que pode variar entre 15% a 30%.

Fluorcarbono: Este tipo de linha está dentro das monofilamentos por também serem constituídas por um único fio. O fluorcarbono é um fluoropolímero termoplástico não reagente. Produto de alta tecnologia com alta resistência a solventes, ácidos, e calor.

Com ela é possível assimilar a luz o que deixa a linha praticamente invisível na água. Tem como característica a resistência à abrasão podendo ser usada em locais com pedras, galhos e locais com muitos enroscos, além da possibilidade de manter sua força mesmo quando molhada, já que não absorve água. Comumente usadas para confecção de líderes. Tem maior durabilidade e dificilmente perdem o brilho ou ressecam.

Multifilamento: É um tipo de linha composta por vários fios entrelaçados de fibras sintéticas Dyneema ou Spectra. São fios cuidadosamente fundidos e trançados durante a fabricação.

As multifilamentos oferecem ao pescador alta resistência e menor espessura em relação às linhas monofilamentos. Possuem maior durabilidade tendo memória quase nula o que é revertido em sensibilidade na pescaria.

Seus pontos positivos são inúmeros, dentre eles, a força e a facilidade na hora de arremessos. Quanto aos pontos negativos desta linha, está a dificuldade em fazer nó e o extremo cuidado na hora do manuseio, uma vez que elas são finas e podem cortar com facilidade.

Cuidados com as linhas:

As linhas são afetadas por vários fatores externos, temperatura, sal, raios do sol, entre outros. Uma linha em condições deficientes fará com que a captura abaixo do limite de peso suportado pela linha, acabe por rompê-la.

Um dos processos mais utilizados para aumentar a vida útil das linhas, é lavá-las muito bem após cada pescaria, mantendo a linha submersa durante várias horas em água doce sem detergentes, lubrificantes ou qualquer tipo de reagente.

Continue atento ao nosso ABC da pesca, semana que vem tem mais.

Sabe mais alguma coisa sobre linhas? Então deixe seu comentário abaixo.

Total 13 Votes
2

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

16 thoughts on “ABC da Pesca – Tipos de linha

  1. Orlando p g says:

    muito legal, gostaria de saber se pode passar WD40, na linha de multifilamento na carretilha e guarda-la, até próxima pescaria, alinha de multifilamento quando arremessava parecia estar lixando os passadores da vara quando eu passei WD40 , ela ficou mais macia, está certo.

Deixe uma resposta

CLOSE
CLOSE