Estive no Pesqueiro Três Lagoas, indo para Holambra-SP, interior de São Paulo. Essa matéria é muito especial pra mim, pois, foi meu primeiro “Peixe Arara” na linguagem Tupi, ou, muito mais conhecida como Pirarara.

Estava com um equipamento bem leve, carretilha de perfil baixo, vara de 14 libras de 1.40 de comprimento, linha 0,30, isso mesmo, 0,30, um pequeno chicote de 40 centímetros com girador e líder 0,70 de monofilamento. Seguindo a cartilha de pescador, arremesso para peixe de couro é na beira do barranco, mas, esse se deu a uns 25 metros de distância e com uma das iscas curinga de um pescador de pesqueiro que é a salsicha.

Equipamento leve com certeza tem a tendência de judiar mais do peixe porque consequentemente levamos mais tempo para capturá-lo. Obviamente meu objetivo como coloquei em meus primeiros posts é a preservação. Levamos em consideração que eu não sabia que ia pegar esse peixe e também que é em pesqueiro, ou seja, não tem piranha nem predadores a altura. Podemos soltá-la e deixa com que se recupere naturalmente no tanque do pesqueiro, porém, algumas recomendações são importantes:

1 – CUIDADO NA HORA DE TIRAR A PIRARARA DA ÁGUA, DE PREFERENCIA COM UMA LUVA E APOIANDO UMA MÃO NA CAUDA E OUTRA ABAIXO DA CABEÇA;

2 – NUNCA PENDURÁ-LA PELOS FERRÕES, CASO CONTRÁRIO, OS FERRÕES DEPENDENDO DO PESO DO PEIXE PODEM SER SERIAMENTE DANIFICADOS, DEIXANDO O PEIXE DESMENBRADO;

3 – JAMAIS UTILIZAR ALICATE DE CONTENÇÃO. A PIRARARA É UM PEIXE MUITO TRANQUILO DE SER MANIPULADO;

4 – NA HORA DA SOLTURA, EM CASO DE RIOS, OU LEVÁ-LA PARA A BEIRA E ESPERAR ELA GANHAR FORÇA NOVAMENTE OU ATÉ MESMO FAZER ISSO EMBARCADO PORÉM COM A OXIGENAÇÃO IDEAL, OU SEJA, ELA VAI DEMONSTRAR QUANDO ELA ESTÁ PRONTA PARA IR;

5 – A SOLTURA DELA EM PESQUEIRO NÃO É MUITO DIFERENTE NO QUESITO OXIGENAÇÃO, SÓ PRESTAR ATENÇÃO SE A MARGEM DO LAGO FOR MUITO RAZA;

A Pirarara é um peixe amazônico que briga sujo. Quando fisgada tem a tendência de levar para galhadas e pedras no intuito de arrebentar a linha. Normalmente esse peixe de couro dá umas três grandes e fortes arrancadas levando metros de linha do carretel do pescador, é emoção na certa e por isso é um dos peixes mais desejados pelos pescadores esportivos.

A emoção de pescar um dos peixes mais desejados na Amazônia e dos pesqueiros está registrado neste vídeo, detalhe, com equipamento leve e me fazendo usar as armas que tinha para não ir para o enrosco.

Caso você não queira sofrer da maneira como demonstrei no vídeo, é só entrar no www.lojapescaalternativa.com.br e ir nos itens de Pirarara para ter seu equipamento ideal para pagar esse peixão.

Total 7 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?