O programa de pescaria mais animado da internet brasileira está de volta!

Nossos pescadores, liderados por Rafinha Minhoca, partiram rumo à Santa Isabel, no interior de SP, para conhecer a estrutura do Pesqueiro Ichiban.

Os amigos que acompanham nosso pescador nesta aventura chamada pescaria é o Toninho do Ceu, Paulo e Jean da Ultra Light.

Com esse time não poderia ser diferente: um peixe atrás do outro: Tem Tilápia, Tamba, Carpas e outros.

 

OFERECIMENTO

Pesqueiro Ichiban

(11) 4657 4613

www.pesqueiroichiban.com.br

Rua Laudelino Martins s/n

[email protected]

 

Total 2 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

7 thoughts on “Pescando Entre Amigos – Ep. 69 – Pescaria Animada no Pesqueiro Ichiban

  1. Jorge Ancrin says:

    Oi Rafinha Minhoca,
    Estou reenviando o comentário porque estava confuso para ler.

    A sua isca artificial anteninha (pé de galinha), é realmente muito boa. É Impressionante que pega até carpa no visual. E parece que não embucha. Mas se um anzol comum embuchar, como aconteceu nessa pesca, um desembuchador funciona bem. Pelo menos, para anzol pequeno ou médio. Use um desembuchador do tipo que esconde a ponta do anzol. Assim, o anzol não espetará na garganta do peixe quando for puxado para fora. E eles desembucham os peixes de couro, tipo Surubim, com facilidade. É só amarrar uma extensão no cabo.

    Pensando nestes acontecimentos, bom seria se os pescadores esportivos brasileiros deixassem de dizer que não matam peixes. Pois fica parecendo que os outros pescadores são assassinos. Atitude que serve mais como ofensa do que como sugestão ou pressão. Seria preferível dizer que soltam todos os peixes. Mesmo escapando peixes com alicate de contenção preso na boca, que é morte certa. E não temos garantia de que todo peixe com anzol ou isca artificial (com garatéia) presa na garganta vá sobreviver. Poderiam até dizer que não sacrificam peixe. Sem esquecer que comer peixe ainda não é proibido. Nem na beira de rio e nem nas pousadas. Muito menos em pesqueiros. Tanto que, nesta pesca, tinha peixe no almoço. Mesmo existindo a ilusão (dos sentidos) de que pescador esportivo não come peixe. Mas não é para menos, alguns até beijam os peixes!

    Num passado não muito distante, os pescadores amadores já foram chamados de linguiceiros e até de ladrões. Também, não era para menos, 30 kg de peixe mais um exemplar, por pescador, (acobertado por lei), levava qualquer pescador esportivo ao desespero!

    No mais, o PGM está uma maravilha! E tenho preferência, quase que absoluta, pela pesca Ultra Light. Pena que a maioria dos pesqueiros brasileiros não tenha local exclusivo (com peixes pequenos e médios de qualquer espécie) para pesca esportiva Ultra Light. Pesca que sempre foi pouco divulgada. Por isso, vivo assistindo os vídeos do pescador japonês Hajime Murata, no site da Shimano Japão, para ver pesca Ultra Light de Trutas. Hajime Murata é um mestre no arremesso com carretilha, mas é o pescador que faz apresentação de molinetes novos da Shimano usando-os em pesqueiros do Japão.

    De uma maneira ou de outra,
    Boa pesca para todos!

  2. Jorge Ancrin says:

    Oi Rafinha Minhoca,
    A sua isca artificial anteninha (pé de galinha), é realmente muito boa. É Impressionante que pega até carpa no visual. E parece que não embucha. Mas se um anzol comum embuchar, como aconteceu nessa pesca, um desembuchador funciona bem. Pelo menos, para anzol pequeno ou médio. Use um desembuchador do tipo que esconde a ponta do anzol. Assim, o anzol não espetará na garganta do peixe quando for puxado para fora. E eles desembucham os peixes de couro, tipo Surubim, com facilidade. É só amarrar uma extensão no cabo.
    Pensando nestes acontecimentos, bom seria se os pescadores esportivos brasileiros deixassem de dizer que não matam peixes. Pois fica parecendo que os outros pescadores são assassinos. Atitude que serve mais como ofensa do que como sugestão ou pressão. Seria preferível dizer que soltam todos os peixes. Mesmo escapando peixes com alicate de contenção preso na boca, que é morte certa. E não temos garantia de que todo peixe com anzol ou isca artificial (com garatéia) presa na garganta vá sobreviver. Poderiam até dizer que não sacrificam peixe. Sem esquecer que comer peixe ainda não é proibido. Nem na beira de rio e nem nas pousadas. Muito menos em pesqueiros. Tanto que, nesta pesca, tinha peixe no almoço. Mesmo existindo a ilusão (dos sentidos) de que pescador esportivo não come peixe. Mas não é para menos, alguns até beijam os peixes!
    Num passado não muito distante, os pescadores amadores já foram chamados de linguiceiros e até de ladrões. Também, não era para menos, 30 kg de peixe mais um exemplar, por pescador, (acobertado por lei), levava qualquer pescador esportivo ao desespero!
    No mais, o PGM está uma maravilha! E tenho preferência, quase que absoluta, pela pesca Ultra Light. Pena que a maioria dos pesqueiros brasileiros não tenha local exclusivo (com peixes pequenos e médios de qualquer espécie) para pesca esportiva Ultra Light. Pesca que sempre foi pouco divulgada. Por isso, vivo assistindo os vídeos do pescador japonês Hajime Murata, no site da Shimano Japão, para ver pesca Ultra Light de Trutas. Hajime Murata é um mestre no arremesso com carretilha, mas é o pescador que faz apresentação de molinetes novos da Shimano usando-os em pesqueiros do Japão.
    De uma maneira ou de outra,
    Boa pesca para todos!

  3. Ronaldo Kl says:

    E ae Rafinha, blz nego?!!!
    Mais um programa bacana D+ ! Pescaria show de bola, muita ação, muitas espécies e um show a parte da UL. Pgm rico de dicas, sensacional. Parabéns a toda a galera que participou, a equipe PA e a vc Minhoca dando mais uma demostração de simplicidade e mostrando como é bom ter amigos na pescaria e fazer outros mais. Vlw
    Tá Docêeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

  4. genilson de bh says:

    rafinha, parabéns à tds, é mto divertido ver vcs com essa descontração e trago isso à mto comigo. além de pescar, creio q qdo auxiliamos ao parceiro do nosso lado a recompensa é ainda maior. continuem assim, e um abração do edu 2 tera. vlw

Deixe uma resposta