PESCARIA DE LULAS, AINDA DA TEMPO!!!

Por: Marcelo Berlinski

As lulas são moluscos marinhos da classe Cephalopoda, subclasse Coleoidea, ordem Teuthida,

A lula

A Melhor época para pescar lulas é entre novembro e abril, ou seja os meses mais quentes do ano.

Melhor horário: Final da tarde e início da noite, se estendendo por toda noite e madrugada indo até ao amanhecer. Com algumas pequenas pausas durante esse horário.

Lembrando que estou me referindo a pesca das lulas em praias ou costões pois, se for embarcado em alto mar ela pega durante as 24 horas do dia. Desde que as condições climáticas estejam favoráveis.

Uma dica, se for pescar embarcado, mantenha iluminada a área de pescaria pois a luz atrai as lulas.

A pescaria de lulas (ou calamar) é super divertida e muito fácil.

Você não precisa ser nenhum profissional para pescar esses deliciosos moluscos.

Basta ter o material correto, que é facilmente encontrado em todas as boas lojas de materiais de pesca. E com certeza em uma noite você pode pegar algumas lulas ou quem sabe, alguns quilos!

A lula é um molusco muito saboroso e também uma excelente isca para pescaria de praia e costões por exemplo.

O material que você vai precisar é basicamente, uma vara de leve a ultra leve de fibra de carbono ou grafite, de pelo menos 3,00m e um molinete pequeno. A linha usada no molinete pode ser um monofilamento de 0,22mm e um chicote com um ou dois zangarilhos.

O ZANGARILHO em inglês chamado de (squid jig) é uma espécie de isca artificial própria para a pescaria de lulas.

Tratasse de um tipo de isca em formato de peixe ou camarão artificial que no lugar de anzóis ou garatéias existe um tipo de espetos de aço sem farpa.

Existem também outros modelos de zangarilhos a venda no mercado. Dentre eles podemos destacar a bruxinha, o chumbinho, entre outros.

Veja abaixo dois modelos bem interessantes de zangarilhos luminosos:

Zangarilho luminosoModelo de isca luminosa

Para montar seu material para pesca de lulas, você vai precisar dos seguintes itens:

– 01 Vara leve ou ultra leve de fibra de carbono ou grafite

Vara leve do tipo telescopica

– 01 molinete pequeno ou micro (pode usar carretilha se preferir).

Molinete leve ou micro

– 01 Boia de isopor modelo charuto ou lambari (boia opcional)

Boia charutoBoia tipo lambari

– 02 Snaps

Snap

– 01 Destorcedor duplo

Destorcedor duplo

– 01 Destorcedor triplo

Destorcedor triplo

– 01 Isca Peixinho artificial para lulas (zangarilho)

Zangarilho modelo peixinho

– 01 Isca Chumbinho para lulas

Zangarilho modelo chumbinho

– Linha 0,22 ou 0,26mm (duas pernadas), sendo uma de 1m e uma de 1 metro e meio de preferência, (monofilamento) onde em cada terminal, Snap, irá uma isca.

Observação: se for usar a isca chumbinho, sempre coloque a mesma na pernada mais longa.

Linha de pesca

Detalhe da parte da isca que é usada para fisgar as lulas:

Parte que é usada para fisgar a lula

Pescando as lulas:

1)      Você pode pescar de fundo (sem a boia) jogando o mais longe que conseguir e ir recolhendo (corricando), devagar dando pequenos toques de ponta de vara.  Quando você sentir um peso na linha, de uma pequena fisgada e NÃO PARE DE RECOLHER, pois a lula pegou no zangarilho. Se você parar de recolher deixando a linha frouxa à lula é quase certo que conseguira escapar.

2)      Se você resolver pescar com a boia basta arremessar e manter a linha sempre esticada. E olho na boia, pois a boia afundando de uma pequena fisgada e puxe sem parar, pois afrouxando a linha também tem uma grande chance de perder a lula.

Como podem ver o maior segredo é manter sempre a linha esticada, e NÃO parar de recolher.

ENVENENANDO O ZANGARILHO:

Basta cortar um pequeno filé de lula do tamanho da barriga da isca (zangarilho) e prender com linha elástica, dando várias voltas na barriga da isca. Isso aumenta consideravelmente as chances de você pegar muitas lulas.

Ahhh… e ainda tem a parte divertida!

Sempre que você pegar uma lula, quando ela estiver saindo da água, sempre ira espirar uma água misturada com sua tinta negra, (muitas vezes vai à cara do pescador) não se preocupe, pois não é toxico. Muito pelo contrário é uma delícia no preparo de alguns pratos à base de tinta de lulas.

Que tal uma lula recheada?                                      Ou uma lula dore? hummm…

Ou uma lula recheada com camarões hummmQue tal uma lula dore

Então, está esperando o que?

Prepare seu material e divirta-se na sua pescaria de lulas. 😉

Lula 1Pescando lula

Vamos pescar?

Total 36 Votes
0

Tell us how can we improve this post?

+ = Verify Human or Spambot ?

20 thoughts on “PESCARIA DE LULAS, AINDA DÁ TEMPO!

  1. Marcelo Pardini says:

    Nunca pesquei com vara, sempre com linhada de mão…amarrava no barco umas 5 linhas quando estava recolhendo uma linha a outra já estava fisgada, uma bela pescaria e digo mais….é rentável vender a lula na praia bem fresquinha, além de ótima pescaria, é bem rentável!

    • Marcelo Berlinski says:

      Opa Leandro,
      Tudo bem amigo?
      Poxa legal saber que tá pegando só canudão hem!!!
      Na Urca realmente é excelente, gosto muito de pescar lá ta,bém.
      Deixa umas pra nós lá tá? hahha…
      Forte abraço e boas pescarias amigo. Continue ligado nas matérias… 😉

  2. Robson-florindo says:

    ola marcelo pesco sempre que posso no leme e ainda estou com algumas lulas no frezer, uma dica para quem quer guardar suas lulas , compre aqueles saquinhos de sorvetes que aqui no Rio chamamos de sacolé e não lave em agua corrente agua da bica pois elas ficam avermelhadas, traga da praia e so limpe coloque no saquinho e no freezer se for consumir lave na hora se for usar como isca leve na própria embalagém.

    • Marcelo Berlinski says:

      Olá Robson,
      Tudo bem amigo?
      Sim, sua dica é ótima!
      Assim que eu faço também.
      O que posso acrescentar pro pessoal é que quem não encontrar o saquinho de sacolé, pode enrolar em uma volta de papel alumínio que também faz o mesmo efeito com a vantagem de conservar a isca por mais tempo congelada na pescaria.
      E outra dica que posso dar para conservar para evitar o cheiro forte é retirar a pele da lula, assim guardar sem a pele evita aquele cheiro forte ficando apenas o cheiro suave da lula para iscar.
      De resto é isso mesmo que você explicou amigão!
      Muito obrigado por comentar e continue acompanhando as matérias ok?
      Um abração pra você e … Vamos pescar! 😉

  3. Marcelo Pedroso says:

    Marcelo,

    Boa Tarde, tudo bem com você?
    Por aqui, tudo vai caminhando, graças a Deus.
    Me tire algumas dúvidas!
    Eu posso montar um chicote com um zangarilho de chumbo, em-baixo, e usar um zangarilho mais leve acima, no chicote?
    O trabalho pode ser feito, “pindocando” como se pesca com pequenos jigs?
    Qual o tamanho de vara usado, para esse tipo de pesca?
    Já vi pessoas pescando com varas telescópicas de 3,0m, e também já vi pessoas pescando com varas curtas 5,3 e 6,0 pés!
    O que você recomenda?
    A sua matéria está show, a idéia é capturar as lulas para serem usadas como isca, pesca noturna e diurna, 24 horas, destino Ilha da Queimada Grande.
    Desde já, conto com a sua ajuda!

    Abraço.

    Marcelo Pedroso.

    • Marcelo Berlinski says:

      Olá Marcelo,
      Tudo bem com você amigão?
      Então, respondendo suas duvidas…
      Sobre o chicotem sim, o zangarilho de chumbo precisa sempre ser montado na parte de baixo por causa do peso ok? pois se montar em cima, quando jogar vai embolar.
      Então, sim, coloque o zangarilho de chumbo em baixo e o mais leve na parte de cima.
      Sim, trabalhe a inca dando pequenos toques do tipo, de dois toques, recolha um pouco, de mais dois e continue assim que a lula vai bater no meio do caminho ok?
      A vara depende de onde você vá pescar. Por exemplo, se for pescar em um costão, eu recomendo varas longas do tipo, 3,60 a 4.20 pois quando recolher não pode bater a lula nas pedras pois se bater é quase certo que a lula irá sair do zangarilho.
      E o importante também é recolher sem parar ok?
      Se a pescaria for embarcada, sim, ai pode ser vara curta mesmo que é até melhor nesse caso!
      Mais sempre use varas leves de fibra de carbono ou grafite.
      É isso xará, continue acompanhando nossa matéria a cada 15 dias ok?
      Um forte abraço pra você e… Vamos pescar!!! 😉

    • Marcelo Berlinski says:

      Olá Ivan,
      Tudo bem amigo?
      Que bom que está gostando das dicas.
      Obrigado!
      Onde encontra-las?
      Não sei que seria sua cidade, mais aqui no RJ podemos encontrar em costões como por exemplo, na pedra do Leme e também na Urca na praia vermelha e no costão da direita.
      Sem contar que também pode ser facilmente pescada embarcado ok?
      É isso amigão, qualquer coisa é só perguntar!
      Um grande abraço e… Vamos pescar! 😉

    • Marcelo Berlinski says:

      Olá Pescador paulo,
      Tudo bem com você?
      Que bom que gostou amigo.
      Obrigado!!!
      Pode experimentar a pescaria de lulas que te garanto que vai adorar amigo!
      E não esqueça de voltar e comentar o resultado da pescaria ok?
      Um abração pra você e…. Vamos pescar 😉

  4. Adalberto Martins says:

    Excelente.Nunca pesquei lula,mas depois de ler sua matéria,meu pode crer ,vou começar a montar
    meu equipamento e ,como vc diz: vamos pescar. rsrsrsrsrs.Mais uma vez parabéns………

    • Marcelo Berlinski says:

      Olá Adalberto,
      Tudo bem amigão?
      Que bom que despertei essa curiosidade em você amigo!!!
      Pesca lá e depois conta pra nós como foi tá?
      Um forte abraço pra você e ….. Vamos pescar 😉

Deixe uma resposta